A DIVERSA CORRETORA DE CEREAIS

Com uma equipe treinada, o objetivo da empresa é acompanhar o dia a dia do mercado e oferecer o melhor suporte possível ao agricultor nas negociações dos produtos do campo.


A empresa tem seu foco ainda, no assessoramento ao produtor rural, visando mantê-lo bem informado quanto ao mercado e suas tendências, subsidiando-o com informações relevantes para negociações atuais e futuras.


Hoje, a DIVERSA CORRETORA se tornou uma empresa sólida e com credibilidade no segmento, por isso, é referência para instituições públicas e privadas que buscam serviços nesse setor.



“DIVERSA CORRETORA AJUDANDO A VALORIZAR O TRABALHO E ESFORÇO DO PRODUTOR RURAL”

Notícias

22/10 SOJA: Câmbio sustenta preços no Brasil. Saiba mais (vídeo)

Porto Alegre, 22 de outubro de 2021 - Os preços da soja subiram nesta semana no Brasil. Entenda o comportamento das cotações domésticas no comentário do jornalista Dylan Della Pasqua: https://www.youtube.com/watch?v=HysuK4mG-Uk Acompanhe na Safras TV, vídeos da equipe de jornalistas e analistas de SAFRAS & Mercado, com as informações sobre a movimentação dos principais mercados brasileiros e mundiais para as commodities agrícolas. Conteúdo da Safras TV: - Mercados agrícolas: acompanhamento dos mercados de soja, milho, trigo, açúcar, café, carnes, trigo, algodão e arroz. - Agenda semanal: os principais eventos do setor e seu impacto sobre o mercado. - Destaques: avaliações temáticas, com as projeções de SAFRAS & Mercado, previsões e avaliações de importantes relatórios, como USDA e Conab, entre outros. - Entrevistas: dicas e entrevistas semanais e mensais com os analistas de SAFRAS & Mercado e outros representantes do setor. Copyright 2021 - Grupo CMA

22/10 CAFÉ: Fundos reduzem posições compradas na Bolsa de Nova York - CFTC

Porto Alegre, 22 de outubro de 2021 - A CFTC (Commodity Futures Trading Comission) divulgou os números do relatório de compromissos dos traders, com dados até 19 de outubro para o café na Ice Futures US. O levantamento mostrou que os grandes fundos e grandes especuladores apresentavam uma posição líquida comprada (long) de 68.889 contratos, contra 69.085 contratos comprados na semana anterior (12). As empresas comerciais, como indústrias, casas corretoras e comerciantes, estavam com uma posição líquida vendida (short) de 73.100 contratos. As posições não reportáveis, que representam pequenos especuladores e negociadores locais, indicam uma posição líquida comprada (long) de 4.211 contratos. Até 19 de outubro, eram 304.874 contratos em aberto no mercado futuro de café arábica da ICE Futures US, com baixa de 267 lotes na semana. Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) - Agência SAFRAS Copyright 2021 - Grupo CMA

22/10 AGENDA: Acompanhe os principais eventos do agronegócio na semana que vem

Porto Alegre, 22 de outubro de 2021 - Acompanhe abaixo os principais eventos ligados ao agronegócio e à economia na semana entre 25 e 29 de outubro: -----Segunda-feira (25/10) - O BC divulga às 8h30min o Relatório Focus com as previsões do mercado para a economia. - Inspeções de exportação semanal dos EUA - USDA, 12hs. - Balança comercial das quatro primeiras semanas de outubro no Brasil - Ministério da Economia, 15hs. - Condições das lavouras dos EUA - USDA, 17hs. ----Terça-feira (26/10) - O IBGE divulga às 9h os dados sobre o Indice Nacional de Preços ao Consumidor - 15 (IPCA 15) referentes a outubro. - Dados sobre as lavouras do Paraná - Deral, na parte da manhã. -----Quarta-feira (27/10) - O IBGE divulga às 9h os dados sobre o índice de preços ao produtor referentes a setembro. - O IBGE divulga às 9h os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad contínua), que traz a taxa de desocupação referentes a setembro. - A posição dos estoques de petróleo dos EUA até sexta-feira da semana anterior será publicada às 11h30min pelo Departamento de Energia (DoE). - Definição da taxa Selic, o juro básico da economia brasileira - Copom/BC, no final da tarde. -----Quinta-feira (28/10) - Japão: A decisão de política monetária será publicada na madrugada pelo Banco do Japão. - Alemanha: A taxa de desemprego de outubro será publicada às 4h55 pela agência federal de emprego. - IGP-M de outubro - FGV, 8hs. - Eurozona: A decisão de política monetária será publicada às 8h45 pelo Banco Central Europeu (BCE). - Alemanha: A leitura preliminar do índice de preços ao consumidor de outubro será publicada às 9h pelo Destatis. - Exportações semanais de grãos dos EUA - USDA, 9h30min. - EUA: A leitura preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre de 2021 será publicada às 9h30 pelo Departamento do Comércio. - O Ministério da Economia divulga os dados sobre os empregos criados ou perdidos pela economia (Caged) em setembro. - Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas - Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs. - Dados das lavouras no Rio Grande do Sul - Emater, na parte da tarde. - Resultado financeiro da Petrobras - no final do dia. -----Sexta-feira (29/10) - Japão: A taxa de desemprego de setembro será publicada na noite anterior pelo Ministério de Assuntos Internos e Comunicação. - Japão: A leitura preliminar da produção industrial de setembro será publicada na noite anterior pelo Ministério da Economia, Comércio e Indústria. - Alemanha: A leitura preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) de terceiro trimestre de 2021 será publicada às 3h pelo Destatis. - Eurozona: A leitura preliminar do índice de preços ao consumidor de outubro será publicada às 6h pela Eurostat. - Eurozona: A leitura preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre de 2021 será publicada às 6h pela Eurostat. - Atualização da evolução das lavouras argentinas e levantamento mensal - Ministério da Agricultura, na parte da manhã. - Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso - IMEA, na parte da tarde. - Evolução do plantio de soja no Brasil - SAFRAS & Mercado, na parte da tarde. Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS Copyright 2021 - Grupo CMA

22/10 ENERGIA: Compass, da Cosan, arremata 51% da Sulgás por R$ 927,8 milhões

Porto Alegre, 22 de outubro de 2021 - A Compass, do grupo Cosan, venceu o leilão de venda de 51% do capital social da Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás) por R$ 927,8 milhões, valor mínimo proposto pela fatia. A Sulgás iniciou a comercialização do gás natural em 2000, com a conclusão do gasoduto Bolívia-Brasil, e desde sua criação, em 1993, atua como uma sociedade de economia mista, tendo como acionistas o Estado do Rio Grande do Sul e a Petrobras Gás, a Gaspetro. Atualmente, a empresa distribui, em média, 2,27 milhões de metros cúbicos de gás natural diariamente a mais de 68 mil clientes, dispondo de uma rede de distribuição de gás com 1.355 km de extensão. O leilão da companhia foi realizado na B3 por meio de lote único. A alienação das ações, parte do processo de desestatização conduzido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), é precedida de aprovação pelo Conselho Diretor do Programa de Reforma do Estado do Rio Grande Sul e autorização do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). O presidente da Compass, Nelson Gomes, afirmou que vê uma tendência clara de crescimento do gás natural na matriz energética brasileira e que desde o início da gestão da companhia da Comgás, em São Paulo, há mais de 10 anos, tem apostado nesse mercado. "O que buscamos com essa aquisição é somar experiência e aprendizado que tivemos na gestão da Comgás. Vamos somar essas experiências com um número maior de clientes e desenvolvimento de negócios comerciais e industriais no estado, transformar em vetor de crescimento da infraestrutura de gás natural no Rio Grande do Sul, o que também dá ao estado uma alternativa de segurança energética", disse após o término do leilão. Com informações da Agência CMA. Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS Copyright 2021 - Grupo CMA

22/10 CLIMA: RS tem previsão de pouca chuva nos próximos dias - SEAPDR

Porto Alegre, 22 de outubro de 2021 - Os próximos sete dias terão pouca chuva na maior parte do Estado, de acordo com o Boletim Integrado Agrometeorológico 42/2021, elaborado pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), a Emater/RS-Ascar e o Irga. Na sexta-feira, a presença de uma massa de ar seco manterá o tempo firme, com nebulosidade variável e grande amplitude térmica. No sábado (23) e domingo (24), a propagação de uma frente fria vai provocar chuva em todo o Estado, com possibilidade de temporais isolados. Entre segunda (25) e quarta-feira (27), o ingresso de ar seco manterá o tempo firme, com temperaturas amenas no período noturno e valores mais elevados durante o dia. Os totais esperados deverão ser inferiores a 10 mm na fronteira com o Uruguai, nas demais regiões os totais deverão variar entre 10 e 20 mm. Nas Missões, Alto Uruguai e na Região Metropolitana os valores previstos deverão superar 35 mm. As informações partem da assessoria de imprensa da SEAPDR. Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS Copyright 2021 - Grupo CMA

22/10 EMPRESAS: BofA prevê melhores resultados para JBS e Marfrig no 3T21

Porto Alegre, 22 de outubro de 2021 - Os analistas do Bank of America disseram, em relatório divulgado hoje (22), que as empresas brasileiras de alimentos devem apresentar resultados sequencialmente melhores nos balanços do terceiro trimestre, especialmente as que estão expostas aos Estados Unidos. "Os spreads de proteínas melhoraram no terceiro trimestre devido ao aumento dos preços em BZ e no exterior, com um alívio marginal nos custos. No entanto, esse movimento foi mais relevante nos EUA, onde os preços e o consumo são fortes, enquanto a inflação de custos é relativamente mais moderada", disseram os analistas. Para o terceiro trimestre, o Bofa prevê que JBS e Marfrig registrem ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recorde. Já Minerva e BRF devem manter o ebitda e margens em relação ao 2T21. Em relação à JBS, o BofA destaca que as operações brasileiras da empresa estão melhorando com preços mais altos e alguma desaleceração nos custos, mantendo o ebitda na região praticamente estável em relação ao ano anterior. "Enquanto isso, os resultados dos EUA estão aumentando. Estimamos um ebitda de US$ 2,1 bilhões, + 125% ao ano e 10% trimestral, à medida que os preços da carne bovina continuam subindo e os spreads estão aumentando", explicou. Para a Marfrig os analistas estimam uma receita líquida de R$ 21,7 bilhões, uma alta de 29% na base anual, com preços de carne bovina mais altos e volume sustentados. Já sobre a BRF, o Bank of America espera que a dinâmica do resultado do terceiro trimestre seja semelhante ao do segundo trimestre deste ano. "A empresa continuou a aumentar os preços em BZ para repassar custos mais elevados com impacto limitado nos volumes. No mercado internacional, a lucratividade no mercado Halal está aumentando com a recuperação da demanda dos principais países, enquanto as margens asiáticas estão sob pressão devido aos preços mais baixos na China, apesar da recuperação em outros mercados como o Japão", explicou o BofA. Para o terceiro trimestre, os analistas estimam um ebitda consolidado de R$ 1,28 bilhão, praticamente estável no trimestre e 3% inferior ao ano anterior. Com informações da Agência CMA. Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS Copyright 2021 - Grupo CMA

22/10 ETANOL: Ásia e África são oportunidades para o Brasil na COP26 - Ministro

Porto Alegre, 22 de outubro de 2021 - O ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, afirmou que defenderá mais ambição financeira para estimular o etanol na COP26 (Conferência das Partes sobre Mudanças Climáticas). Leite acredita na importância de programas, como o brasileiro, a fim de ampliar o mercado para o biocombustível. Na visão do ministro, continentes como Ásia e África são geografias nas quais faz sentido a ampliação do espaço para o etanol e com os quais o Brasil pode contribuir tecnicamente. O depoimento foi dado em evento que reuniu a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina; o presidente da Volkswagen América Latina, Pablo di Di; e o presidente da UNICA, Evandro Gussi. Entidades do setor sucroenergético, como a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), têm realizado missões de aproximação para apresentar a experiência do etanol brasileiro como instrumento de descarbonização. Um exemplo bem-sucedido desse relacionamento é a India, com a qual a UNICA intensificou contatos a partir de 2019. O segundo país mais populoso do mundo anunciou em junho a meta de misturar 20% de etanol à gasolina até 2025, cinco anos antes do planejado. As informações partem de assessoria de imprensa do MME. Revisão: Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS Copyright 2021 - Grupo CMA

22/10 PETRÓLEO: Futuros operam em alta com foco de volta ao aperto de oferta

Porto Alegre, 22 de outubro de 2021 - Os preços dos contratos futuros de petróleo se recuperam das perdas da sessão anterior e operam em alta, com os investidores se concentrando novamente no contínuo aperto de oferta. As cotações fecharam com mais de 1% de queda ontem em um movimento de correção e também em meio à redução dos preços do carvão e do gás, diminuindo a troca de combustível que alimentou a demanda por produtos petrolíferos para energia. "Os recentes aumentos na oferta são dados encorajadores e o clima quente pode ajudar a evitar um grande aperto nos preços. O mercado de gás natural, na minha opinião, não está fora de perigo. Qualquer mudança no clima deve deixar o mercado em alta", disse o analista sênior de mercado do The Price Futures Group, Phil Flynn. A Administração de Informação de Energia dos Estados Unidos (EIA, na sigla em inglês) informou ontem que cerca de um terço a mais de gás do que o normal foi adicionado aos estoques norte-americanos na semana passada, o mais recente em um trecho de acúmulos semanais acima da média. Os estoques que terminaram em agosto em 7,7% abaixo da média recente estão agora apenas 4,2% menores, de acordo com dados da EIA. Por volta de 11h25 (de Brasília), o preço do contrato do petróleo WTI negociado na Nymex com entrega para dezembro subia 0,52%, cotado a US$ 82,91 o barril. Já o preço do contrato do Brent negociado na plataforma ICE, com entrega para o mesmo mês avançava 0,48%, cotado a US$ 85,02 o barril. Com informações da Agência CMA. Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS Copyright 2021 - Grupo CMA

RSS COTAÇÕES

Cotação/Data
Último
Diferença
MAXIMO
MININO
Soja May/2019
817.750S
+0
821.750
815
Soja Jul/2019
830.750S
+0
836.250
827
Soja Aug/2019
837S
+0
842.500
833.750
Milho May/2019
358S
+0
359.250
355
Milho Jul/2019
366.500S
+0
368.250
363
Milho Sep/2019
374S
+0
375.500
370.750
Farelo May/2019
288.4S
+0.0
291.9
292.3
Farelo Jul/2019
293.2S
+0.0
297.1
293.5
Farelo Aug/2019
294.8S
+0.0
298.4
295.1
Oleo de Soja May/2019
26.81S
+0.00
26.97
26.86
Oleo de Soja Jul/2019
27.10S
+0.00
27.40
26.96
Oleo de Soja Aug/2019
27.24S
+0.00
27.54
27.08

Moeda
ÚLTIMO
VARIAÇÃO
DATA
HORA
MAXIMO
MINIMO
Dolar Comercial
4.9940
+1.05
30/06/2021
10:10
4.9950
4.9530

Fale Conosco

Rua Rio Branco esquina com Av. Cuiabá, Ed. Comercial Montello, Sala 205 Centro, Rondonópolis - MT 78700-170

diversa@diversacorretora.com.br
adm@diversacorretora.com.br

(66) 3439-3300 (66) 3439-3318